issue

Cano de água

Narguilé, cachimbos d’água ou shisha disfarçam a fumaça prejudicial do tabaco no mito de que os filtros de água e os sabores doces. O uso de narguilé é na verdade letal. Incluir proibições ao narguilé nas políticas antitabagismo ajudará a dissipar esses mitos.

O narguilé é um dispositivo para o fumo com raízes na Índia, África e Oriente Médio. O narguilé ou cachimbos d’água são usados a séculos, mas a introdução do ma͚assel no início dos anos 1990s, um tabaco molhado em melado para combustão, provocou um surto fora da base tradicional de usuários do narguilé que é formada por homens mais velhos. O narguilé utiliza uma fonte indireta de calor (como uma brasa acesa) para queimar lentamente as folhas de tabaco enquanto os usuários aspiram a fumaça que passa por uma câmara de água, através de uma mangueira até chegar à boca. Juntamente com o melado à base de açúcar, o ma͚assel possui forte sabor de maça, banana, laranja, baunilha e outros sabores de fruta e doces.

Os fumantes de narguilé muitas vezes acreditam erroneamente que esta forma de consumo de tabaco é menos prejudicial do que fumar cigarros, uma ideia que deve ser dissipada com esforços educacionais agressivos e abrangentes. Quando a fumaça quente passa pela água na base do narguilé, ela esfria e fica fácil para ser profundamente inalada mesmo para pessoas que fumam tabaco pela primeira vez. A fumaça resfriada e com forte sabor do narguilé é inalada em grande quantidade. O efeito de arrefecimento da água pode na verdade aumentar o malefício possibilitando que os fumantes de narguilé aspirem a fumaça mas profundamente em seus pulmões.


Ma'assel, tabaco embebido em melado que é comumente fumado em em narguilé no Oriente Médio, Europa e América do Norte, foi introduzido no mundo no início dos anos 1990s.

Até 77% das embalagens de ma'assel indicam que a percentagem de 'alcatrão' do produto é de 0,0%. A indústria do tabaco deturpa deliberadamente os danos impostos pelo tabagismo em narguilé.

Uso de narguilé

O tabagismo com narguilé está associado a alto risco de câncer de pulmão, lábios, boca e esofaringe. Tendo em vista que o uso generalizado de narguilé é um fenômeno recente, estudos em larga escada de qualidade sobre os efeitos de longo prazo do narguilé na saúde ainda estão pendentes. No entanto, os cientistas da área de saúde preveem com confiança que este tipo de tabagismo irá causar doenças e mortes em larga escala semelhantes a outras formas de produtos de tabaco combustíveis inalados como os cigarros.

O uso do narguilé espalhou-se a partir do Oriente Médio e está cada vez mais integrado ao mercado global do tabaco. Em 2012, a Japan Tobacco International comprou a Al Nakhla, na época o maior fabricante de narguilé do mundo. Outras companhias transnacionais de tabaco exploram a possibilidade de entrar no mercado de tabaco para narguilé. Proibições ao tabagismo, de outra forma rigorosas, na Europa e América do Norte às vezes contêm exceções específicas que permitem fumar narguilé em cafés, possibilitando fumar em público em áreas que seriam de outra forma livre de tabaco. O uso de narguilé também está crescendo entre adolecentes e adultos jovens em campus universitários e em outros lugares, mesmo entre pessoas que se recusam explicitamente a fumar cigarros. Os pesquisadores devem quantificar os danos à saúde causados por este método de consumo de tabaco e determinar as melhores maneiras de evitar o aumento do uso de narguilé ao redor do mundo.


Uma única tragada de narguilé (450mL) é quase equivalente ao volume de fumaça inalada de um cigarro inteiro (500mL).


A promoção do narguilé tem raízes na informação errônea corrente de que a água do narguilé pode de forma mágica limpar a fumaça do tabaco. Nada pode estar mais longe da verdade.

“A ÁGUA… TEM APENAS UM EFEITO PEQUENO EM ELIMINAR O ALCATRÃO E A NICOTINA TOTAL”.

–British American Tobacco Research & Development, 1967

 


Cigarros Waterford

Em 1966, um novo cigarrro da American Tobacco Company apresentava uma cápsula de água que podia ser esmagada. A empresa alegou que estavam utilizando a “idéia mais antiga em termos do tabagismo” (filtração pela água do narguilé) para melhorar o gosto do cigarro. O cigarro foi lançado com as empresas usando palavras como “sabor” para indicar que um cigarro era “mais saudável” que outro. A American Tobacco estava disposta a potencializar a ideia de que o narguilé filtrava a fumaça de forma eficaz pela água para vender cigarros que supostamente eram menos prejudiciais.

Historicamente, este fato é notável porque:

1. A indústria estava disposta a utilizar a ideia de redução (suposta) do dano para vender cigarros já nos anos de 1960s.

2. Tratava-se do primeiro cigarro “encapsulado”, uma tecnologia que resurgiu amplamente nos últimos anos na forma de cápsulas com sabor para vender cigarros, especialmente para os jovens.


Referências

Aslam HM, Saleem S, German S, Qureshi WA. Harmful effects of shisha: literature review. Int Arch Med. 2014;7:16.

Maziak W, Ward KD, Eissenberg T. Interventions for waterpipe smoking cessation. Cochrane Database Syst Rev. 2007;(4):CD005549.

Maziak W. The global epidemic of waterpipe smoking. Addict Behav. 2011 Jan;36(1-2):1-5.

Maziak W, Nakkash R, Bahelah R, Husseini A, Fanous N, Eissenberg T. Tobacco in the Arab world: old and new epidemics amidst policy paralysis. Health Policy Plan. 2013 Aug 19;czt055.

CDC's Office on Smoking and Health. Hookahs: Smoking and Tobacco Use Fact Sheets [Internet]. Centers for Disease Control and Prevention; 2013 [cited 2014 Jun 27]. Available from: http://www.cdc.gov/tobacco/data_statistics/fact_sheets/tobacco_industry/hookahs/index.htm